Face ao declínio demográfico do nosso País, o desenvolvimento económico do mesmo, e em particular da nossa região necessita de recorrer a mão de obra externa; pelo que as recentes transformações ocorridas no nosso território, nomeadamente ao nível agrícola, exigiram uma alocação de recursos humanos, muitos dos quais oriundos de outras geografias e Beja, tem vindo a ser pautada pela multiculturalidade, e pelo bem acolher de todos os povos. Importa contudo, que quem no nosso território procura oportunidades de vida seja respeitado, e ao mesmo tempo respeite as regras em vigor vigentes no país de acolhimento.

Neste âmbito, e fruto da escalada recente de casos de assédio sexual, e de agressões a mulheres entre os 17 e 50 anos, que tem vindo a ocorrer principalmente na cidade de Beja, considera-se que de forma positiva e pedagógica que a OPTA ALENTEJO poderá assumir a presente campanha pacifica de sensibilização na cidade de Beja.